“Havendo respeito há harmonia, há amor e há tudo, pois isto evidencia uma elevação de espírito e uma compreensão muito ampla do que deve significar a convivência entre os semelhantes.”

― Carlos Bernardo González Pecotche (1901-1963)

Harmonia é o substantivo feminino que indica uma concordância ou consonância tanto a nível artístico como social.

Alguns sinônimos de harmonia podem ser equilíbrio, ordem, acordo, concórdia, consonância, entendimento, conciliação.

Relacionada com o universo da música, a harmonia musical indica a concordância ou combinação de vários sons simultâneos ou de acordes que são agradáveis ao ouvido.

 

A harmonia muitas vezes é o resultado de um sentido de paz, ou a concordância de opiniões ou sentimentos entre pessoas.

Passar um período de tempo em um lugar repleto de harmonia induz o indivíduo a valorizar o respeito pelo outro e pelo ambiente que o rodeia.

Por esse motivo devemos cultivar a meditação e paz em nossos corações.

Nos dias de hoje, com nossa vida agitada e competitiva esquecemos de valorizar e trabalhar o respeito pelo próximo e pelo nosso ambiente, nossos recursos naturais.

Proponho então agirmos de forma inversa à proposta por  Carlos Bernardo González Pecotche (Logosofia), isto é, ativar o sentimento de respeito, reverência ao outro e à natureza através da vivência da harmonia em nossas famílias, escolas, comunidade e local de trabalho.

harmonia2

 

O silencio, a quietude, a coerência, ou seja, a harmonia em si provoca no ser humano o sentimento do sagrado, limpo, solene, organizando-o interna e externamente, em si mesmo e no ambiente que o cerca.

Busquei para ilustrar meu pensamento as imagens captadas e vivenciadas por mim na Baía de Halong – Vietnã. Uma experiência mágica, conviver com pessoas que passaram por anos de traumas e destruição e se mantêm centrados em seus valores.

harmo3

 

Ao passar alguns dias junto a eles começamos a questionar a validade de tanto barulho e competição em nossas vidas. E, observando a conduta das famílias e trabalhadores da região confirmamos a certeza de que a harmonia existente entre os seres humanos é o que leva ao respeito por nossos semelhantes.

A convivência harmônica entre barcos de turismo, traineiras pesqueiras e pequenas canoas ambulantes com mulheres oferecendo cordões de pérolas cultivadas nos confirma como a convivência com o diferente em tamanho, porte, classe social e objetivos de vida pode ser tranquila e respeitosa.

harmo4

 

O sentimento de cuidado e respeito pelo outro, a seriedade como cada tarefa é conduzida. Tudo isso é passado a nós “estrangeiros” sem palavras, apenas através da observação da relação entre as famílias, colegas de trabalho e na forma gentil e solene com que nos recebem em seu habitat natural.

 

hatmo5

Tudo flui de forma simples. Valores como confiança, honestidade, respeito e solidariedade são naturais. O silêncio solene e respeitoso, a beleza e o cuidado com o outro transmite paz e segurança.

Nós ocidentais ainda temos muito a aprender e valorizar a importância de uma convivência harmônica, centrada em valores universais. Vivenciar o compromisso, contratos sem papel assinado, em silêncio, selado apenas pelo olhar foi a maior aquisição deste período de minha vida.

harmo6

 

Ana Rita de Macedo Moura
Revisitando Lugares e Emoções
www.educareencantar.com

 

RESPEITO E HARMONIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *